Como treinar mindfulness

Como treinar mindfulness

postado em: Bem Estar | 0

Logo que comecei a  me interessar por desenvolvimento pessoal assisti um vídeo do Eckhart Tolle sobre “estar presente”.

Em seguida para me aprofundar no assunto li o Poder do Agora do mesmo autor.

Apesar de parecer uma prática fácil estar aqui e agora, a verdade é que não nos colocamos em estado de atenção com as coisas.

Deixamos tudo passar ao largo como se cada acontecimento não fosse um verdadeiro milagre.

Deixamos de apreciar o que é belo, importante, simplesmente porque estamos ocupados demais num presente, que não é  vivenciado, mas apenas vivido, corrido.

O simples fato de estarmos atentos pode mudar nossas vidas. A atenção nos mostra a beleza e a força da vida; é ela que confere valor  e importância a tudo que nos rodeia.

Se estamos tão ocupados, não vemos as oportunidades que nos cercam, ficamos absortos em nossos pensamentos vivendo uma ilusão, desprestigiando o verdadeiro espetáculo da vida.

Nossos pensamentos sobre o nosso passado e sobre o nosso futuro nos impedem de viver o agora, nos roubam a atenção.

A boa notícia é que podemos escolher os nossos  pensamentos, não precisamos ficar presos no sofrimento e na dor.

Para treinar a nossa atenção plena podemos adotar rotinas simples no dia a dia:

  • meditar – a meditação nos ajuda a estar conscientes dos nossos pensamentos e nos ajuda a ficar no agora. Não e necessário um lugar específico e podemos começar com apenas 2 minutos diários;
  • ler – uma boa leitura pode nos trazer um momento de serenidade.
  • Desenhar ou pintar – mesmo que você não tenha qualquer habilidade, o intuito é deixar os pensamentos fluírem. Se necessitar de um empurrãozinho posso sugerir uma visita no site da Alice Tischer, o  Laboratório de criação, voltado a inspirar as pessoas com arte e ensiná-las a se reconectarem através de exercícios artísticos e criativos
  • Tomar um chá – preparar um chá com atenção plena e beber lentamente numa mini cerimônia do cha.
  • Ouvir uma amiga(o) – aqui o intuito não é conversar, falar, mas sim uvir para treinar a sua atenção plena.
  • Fazer uma caminhada – apreciando tudo a sua volta.
  • Fazer uma lista de gratidão – de papel e caneta na mão enfoque-se por alguns momentos em fazer uma lista detalhada de todos os motivos pelos quais você é grato.

Uma ou mais dessas atividades conjugadas como hábitos diários vão te fazer treinar mindfulness e gerar um enorme bem estar.

Deixe uma resposta