Moça Bunita

Moça Bunita

postado em: Beleza | 1

[Imagem pessoal]

Esse mês experimentei uma coisa nova! Engraçado dizer isso porque na verdade comprei roupas num brechó e queria compartilhar um pouquinho dessa experiência.

Há alguns anos quando fiz uma especialização sobre trabalho e globalização me deparei com o triste cenário do trabalho escravo, que envolve especialmente a indústria de roupas e calçados. Quantos escândalos sobre lojas e marcas famosas que usam o trabalho escravo na produção. E nós pagamos caro e contribuímos com esse sistema cruel.

Estou procurando repensar as coisas e o consumo desses itens em especial passou a ser uma delas. Há algum tempo tenho tentado montar um guarda roupa simples e ao mesmo tempo sofisticado e ainda, com algum significado. Comecei minha experiência baseada no famoso armário cápsula, misturei com ideias minimalistas que já tenho e, por fim, utilizei os conhecimentos que adquiri no curso de moda da Carol Tuttle que mencionei no post sobre vestir sua verdade,  para conseguir me vestir melhor, sem gastar muito.

A ideia do brechó veio a calhar já que foi uma maneira de adquirir alguns itens de muita qualidade gastando bem menos. Confesso que foi uma ideia divertida e que me rendeu excelentes aquisições. No caso, eu adquiri as peças através de um brechó virtual chamado Moço Bão Moça Bunita. Comprei esse cardigã lindo e longo muito bom para o nosso inverno, de marca e está novinho em folha, veio até com a etiqueta.

Notei que atualmente existem muitos brechós virtuais e também físicos, além de bazares e eventos do tipo. Acho que a realidade do consumo mudou, seja por questões meramente econômicas ou não, o fato é que cada vez mais as pessoas estão buscando um consumo mais consciente.

Fica a dica para você, de repente algo que era seu pode ser meu e vice-versa!

Karina.

\o/

Uma resposta

  1. Sempre obrigada, Querida!

Deixe uma resposta